Os brasileiros se complicaram após a sexta queda do Mundial de Free Fire. Em Purgatório, no jogo mais disputado até aqui, com trocação por todos os lados do mapa, a LGDS se deu bem e levou a sua segunda queda, enquanto os brasileiros se deram mal e acabaram caindo cedo demais.

O início do jogo foi insano. O Corinthians caiu juntinho com a Arctic e a guerra pelo loot começou cedo. Os brasileiros conseguiram um abate logo de cara, mas o time mexicano levou a melhor na hora de conseguir armas e acabou eliminando dois jogadores do Timão. Nobru honrou a camisa, buscou os abates necessários e mandou os adversários de volta para o lobby.

Quase que ao mesmo tempo, a LOUD estava mais uma veztrocando contra mais de um time, sendo dessa vez os Samurai Team e Dranix. Os brasileiros levaram a melhor em cima da equipe argentina, mas não resistiram ao quarteto da Indonésia.

Enquanto Nobru e Level Up tentavam sobreviver sozinhos no mapa, a Sbornaya, líder do campeonato até aqui, continuava com seu jogo tranquilo, evitando batalha desnecessárias, o que garantiu mais uma boa colocação na parte de cima da tabela.

O Corinthians, por sua vez, foi eliminado – também sem conseguir mais abates – em uma perseguição ao Jeisson (Infinity Esports) e se complicou na tabela.

Na zona final, LGDS e Sbornaya estavam firmes e fortes, o que garantiu pontos importantes para ambos os times. 

Angu, MVP da partida pela LGDS com 4 abates, garantiu mais um BOOYAH na briga SEA x Rússia. O resultado colou os asiáticos no Corinthians, que ainda se segura na terceira colocação, mas segue a mais de 600 pontos da Sbornaya, que está a duas quedas de conquistar o título.

Acompanhe todas as quedas e detalhes pelo YouTube. BOOYAH!