A quarta queda do Mundial de Free Fire definiu a metade do campeonato, que agora terá apenas mais quatro partidas para conhecer o grande campeão. A equipe que saiu vitoriosa, dessa vez em Purgatório, foi a Infinity Esports Mobile, do norte da América Latina.

Leia também:

O começo do jogo foi mais uma vez de tranquilidade para o loot, com o Corinthians caindo em Forge, sem nenhum adversário por perto, e a LOUD em Fire Brigade, apostando numa nova estratégia. Ambas às brasileiras fizeram um bom loot e rotacionaram muito bem para conseguir abates.

A LOUD finalmente conseguiu impor o seu jogo e colocou o seu estilo agressivo para funcionar. Ainda na metade do jogo, o esquadrão já tinha eliminado grandes adversárias como Dranix e Illuminate e acumulado 10 abates ao todo. Destaque para o Will, grande responsável pelo arrastão promovido pela equipe.

Já o Corinthians, que desta vez mais um jogo consistente, pecou na rotação após o meio da partida. Com uma posição nada favorável na penúltima zona, Fixa e seus comandados acabaram fuzilados pelo Team Flash, que de cima do morro também mandou a LOUD de volta para o lobby.

Mais uma vez jogando segura, a Sbornaya garantiu o seu lugar entre os melhores da queda. Na zona final, foram derrotados pela Infinity que se posicionou muito bem na safe e fez valer o seu número de jogadores.

O MVP da partida foi o Jeisson, jogador da Infinity que fez cinco abates e garantiu mais de três mil de dano para a sua equipe.

Com a vitória, a Infinity pulou para o quarto lugar e colou no Corinthians, que ainda está em terceiro, mas vê a Sbornaya se distanciar cada vez mais na primeira colocação.

Já a LOUD, conseguiu chegar no sexto lugar e melhorou bastante a sua pontuação com a boa quantidade de abates que conseguiu na partida.

Acompanhe todas as quedas e detalhes pelo YouTube. BOOYAH!