O maior prêmio de esportes eletrônicos da América Latina chega em sua terceira edição trazendo novidades. O Prêmio eSports Brasil abrange três novas categorias e dentre elas está a modalidade de Free Fire.

Existem 20 categorias divididas entre técnicas e populares que vão nomear os principais nomes do ano. 

O prêmio conta com a participação de 60 SuperJúris que indicam, cada um em sua determinada especialidade, nomes que passam pela votação popular e voltam aos júris nas categorias técnicas.

Nas populares, é você quem dita o vencedor. O público indica os nomes para Melhor Caster, Melhor Jogo, Melhor Organização, Melhor Streamer e Craque da Galera.

Foto: SuperJúri de Free Fire/Divulgação

O SuperJúri de Free Fire é composto pelos irmãos Matheus e Renan Belga, o narrador Diego Hads e os criadores de conteúdo Jokerpoa e UmaDani, sendo que eles selecionaram os seguintes jogadores para concorrer ao prêmio de melhor jogador.

Foto: Melhor atleta de Free Fire/Divulgação
  • Ariano “Kronos” Ferreira
  • Bruno “Nobru” Goes
  • Carlos “Fixa” César
  • Everton “UBiTa” Lima
  • Genildo “Japa” André
  • Heverton “ShariiN” Nobre Marinho
  • Samuel “Level Up 007” Lima
  • Vinícius “ViniZx” Cardoso

Atleta Revelação também conta com jogadores profissionais de Free Fire como candidatos, sendo os nomeados:

Foto: Atleta Revelação/Divulgação
  • Ariano “Kronos” Ferreira (Free Fire)
  • Everton “UBiTa” dos Santos (Free Fire)
  • Igor “DrakoNz” Fernandes (Fortnite)
  • Leonardo “leleo” Dametto (Fortnite)
  • Luca “LuKid” (Rainbow Six)
  • Nicolas “Nicks” Polonio (Fortnite)
  • Rodrigo “biguzera” Bittencourt (CS: GO)
  • Samuel “Level Up 007” Lima (Free Fire)

Para votar, acesse o site https://peb.premioesportsbrasil.com.br/ e siga as instruções para realizar o seu cadastro. Os candidatos às categorias técnicas podem receber votos até o dia 19 de novembro e para as categorias populares o público tem até o dia 13 de dezembro para votar.