Texto por: Felipe “Felpy” e Gabriel Reis

Definidos os times que disputarão a final da 3ª temporada da Free Fire Pro League, é hora de conhecermos mais a fundo um por um dos finalistas que estarão no Rio de Janeiro no dia 9 de novembro para brigar pelo título e pelas duas vagas no Mundial, que também será sediado em terras cariocas.

Hoje é dia de falarmos do equipe ex-Bando De Loucos, que na metade da temporada assinou com o Corinthians, marcando assim o retorno do tradicional time de futebol aos esportes eletrônicos.

Estreante, a equipe do Corinthians terminou a fase de pontos na primeira colocação do Grupo B com 3345 pontos, 67 eliminações e três BOOYAHS, sendo inclusive a equipe que mais marcou pontos por colocação no campeonato.

1º BOOYAH do Corinthians na 3ª temporada da Free Fire Pro League
2º BOOYAH do Corinthians na 3ª temporada da Free Fire Pro League
3º BOOYAH do Corinthians na 3ª temporada da Free Fire Pro League

Fixa, Nobru, Japa, Level Up e 01pires são os nomes que compõem o esquadrão alvinegro. Todos são jogadores experientes, que criam bastante conteúdo e são adorados pela comunidade.

O destaque durante a última temporada foi Level Up, que terminou a fase regular com 21 eliminações. Ele, inclusive, foi um dos jogadores que levantou o troféu do Free Fire Streamer Showdown, torneio mundial que aconteceu em setembro, na Tailândia, e terminou sendo conquistado pelo time de influenciadores brasileiros.

De olho nas quedas

Ousada e habilidosa, a ex-BDL foi uma aposta mais do que certeira do Timão para o Free Fire. Todos os locais de queda escolhidos pelos jogadores do Corinthians são pontos mais densos, perigosos e populares do jogo, sendo Clock Tower e suas regiões adjacentes em Bermuda e Brasília em Purgatório.

Conquistar essas áreas não só garantem um loot extraordinário para o time, como também muita vantagem de posicionamento para suas rotações, afinal, ambos os pontos estão extremamente centralizados nos dois mapas.

Durante toda a competição, fosse Bermuda ou Purgatório, o Corinthians apresentou uma rotação clara e objetiva, sempre saindo das fases de loot com o esquadrão todo vivo.

Elenco e número de abates conquistados durante a fase de grupos:

  1. Level Up – 21 eliminações
  2. Fixa – 19 eliminações
  3. Nobru – 11 eliminações
  4. 01pires – 10 eliminações
  5. Japa – 6 eliminações

Conclusão

Dono da segunda melhor campanha da 3ª temporada – ficando atrás apenas da paiN Gaming, líder do Grupo A -, o Corinthians se provou um adversário poderoso, que possui uma regularidade de resultados positivos acima do padrão.

O único resultado abaixo da 6ª colocação na tabela e sem pontuação por abates foi um nono lugar, quando a equipe foi pega de surpresa e acabou sendo eliminada durante uma trocação contra o time da Milicos.

O Timão tem todas as habilidades e requerimentos para ser um forte candidato ao título da FFPL, contudo, existem outras equipes que também embarcam com bastante força no presencial, o que fará dessa final, sem dúvida alguma, a mais disputada de todos os tempos.


Leia também sobre os outros finalistas: