Texto por: Felipe “Felpy” e Gabriel Reis

Definidos os times que disputarão a final da 3ª temporada da Free Fire Pro League, é hora de conhecermos mais a fundo um por um dos finalistas que estarão no Rio de Janeiro no dia 9 de novembro para brigar pelo título e pelas duas vagas no Mundial, que também será sediado em terras cariocas.

Para começar, a primeira equipe da qual vamos falar é a Los Maniacos, que também foi finalista da primeira temporada da FFPL, edição na qual terminou como 10ª colocada com 1245 pontos. Helden, Dudu e Vinni, veteranos da equipe, se juntaram ao Bruno para disputar a terceira temporada da Pro League.

Formação da Los Maniacos que disputou a primeira temporada da Free Fire Pro League (Foto: Reprodução)

Embora tenham começado com o pé esquerdo na primeira rodada, a qual terminaram amargando a 9ª colocação, o time da Los Maniacos conseguiu dar a volta por cima e garantir a pontuação necessária durante as quedas da rodada dupla.

O esquadrão se classificou para as finais presenciais após garantir a 4ª colocação do Grupo A, somando um total de 2020 pontos em 12 jogos disputados.

Estilo de jogo, problemas da equipe e locais de queda favoritos

O estilo de jogo da Los Maniacos preza por sobrevivência a qualquer custo. Dos pontos conquistados pelo time, 1420 foram por colocações, já que o quarteto terminou metade dos seus jogos entre as três equipes sobreviventes, dando uma aula de rotação e jogando de maneira bastante tranquila.

Isso, no entanto, vai de encontro ao problema que cerca o time: a falta de eliminações, atrelada ao estilo da equipe, que evita contato e batalhas em todas as suas rotações. Com apenas um BOOYAH durante a fase de grupos, a Los Maniacos conseguiu somente 30 eliminações e terminou a fase regular como 7º colocado no quesito quantidade de abates.

Em Bermuda, a LMS costuma cair entre as regiões de Riverside e Mill, “looteando” a área Leste da ilha e sempre rotacionando de maneira rápida e segura.

Em Purgatório, o plano executado pela equipe no último final de semana da Pro League foi diferenciado. Eles sondaram a região de Marbleworks e dominaram áreas como o highground ao redor de Brasília, garantindo assim ótimos resultados para o time.

Elenco e quantidade de abates conquistados durante a fase regular

  1. Bruno – 10 eliminações
  2. Vinni – 8 eliminações
  3. Dudu1 – 6 eliminações
  4. Helden – 6 eliminações

Considerações finais

Experiência, boas rotações e constância em seus resultados fazem da Los Maniacos uma equipe com bastante potencial. Entretanto, o time precisa de um jogo mais agressivo para sustentar a sua campanha com pontos de eliminação para apresentar perigo nas finais.