Depois de ter a quinta rodada cancelada na noite de ontem (4), a terceira temporada da Free Fire League LAS retornou na tarde deste sábado para mais uma série de confrontos.

Vision System Esports, Furious Gaming, Urban Esports, Zwan Gaming, Wild Esports, Malvinas Gaming, Samurai Team, Olimpo Squad, Coliseo Dragons Black, Savage Gaming, Hawks e Ryodan foram as equipes que saltaram no dia de hoje.

Seguindo o formato do campeonato (entenda como funciona), ACE1 Chile, Azules Esports, Coliseo Dragons Red e Naguará Team descansaram e não participaram da rodada.

Confira o resumo de como foi a 6ª rodada da FFL no LAS:

Bermuda

O primeiro confronto terminou com a Urban Esports garantindo a primeira colocação com 440 pontos, 20 a menos que a VSE, que terminou a queda na segunda posição. Malvinas Esports, que chegou a disputar a única queda que teve na última sexta-feira, foi a única equipe que não pontuou, fechando a partida na última colocação e sem abates. O paraguaio Andy, da Vision System, foi um dos destaques da partida, com seis abates de 11 conquistados pela sua equipe.

Purgatório

O segundo mapa foi conquistado pela equipe da Hawks, que depois de fechar a primeira queda com apenas 80 pontos, conseguiu se reerguer na partida e garantir 460 pontos na conta. Primeira colocada no início do dia, a Urban conseguiu apenas 60 pontos na segunda queda, enquanto a Malvinas, última colocada no mapa anterior, conseguiu se levantar e capitalizou o total de 200 pontos. O argentino Juan foi o destaque da partida e o responsável pelos últimos abates que garantiram o pódio paro o seu time.

Bermuda

Depois de terminar duas quedas no meio da tabela, o Samurai Team sobreviveu pela primeira vez na série, fechando a terceira partida com 440 pontos, mesma quantidade que a Savage, segunda colocada. Hawk, que gritou BOOYAH na segunda queda, não conseguiu manter o bom desempenho e terminou a partida com apenas 10 pontos. Embora a Savage tenha derrubado oito inimigos, um a menos que o ST, o jogador que mais matou no confronto foi o boliviano Michael, do Samurai, com cinco abates. 

Purgatório

O resultado da penúltima queda do dia terminou favorável para a Coliseo Dragons Black, que com cinco eliminações ao todo, conseguiu sobreviver e garantir a partida. O começo da Furious Gaming deu a entender que equipe iria longe, mas eles acabaram não sabendo se posicionar e deixaram esvair a vantagem conquista. Dono do último BOOYAH, o Samurai Team fechou a queda na quinta colocação. Em abates, quem se destacou na partida foi o time da ZWAN, que deitou um total de 12 bonecos. 

Purgatório à noite (Mapa escolhido pela comunidade com 41% dos votos)

A quinta e última queda disputada entre as equipes terminou com sobrevivência da Urban, que cravou a sua segunda vitória na rodada após uma sequência de quedas desastrosas. O segundo lugar ficou com a VSE, que fechou a rodada como a equipe que mais pontuou. Sobrevivente na quarta queda, a CDB decepcionou e foi o primeiro time a ser eliminado. O time que mais abateu no mapa da comunidade foi a própria Urban, com oito abates.

O vencedor da disputa individual – que reúne um jogador de cada equipe na briga por um ponto de liga na tabela principal – foi o peruano Jean, representante da Wild Esports.

Classificação final da 6ª rodada:

1° lugar – Vision System Esports (1055 pts)
2° lugar – Samurai Team (1020 pts)
3° lugar – Urban Esport (1020 pts)
4° lugar – Zwan Gaming (995 pts)
5° lugar – Hawks (990 pts)
6° lugar – Savage Esports (800 pts)
7° lugar – Furious Gaming (720 pts)
8° lugar – Coliseo Dragons Black (720 pts)
9° lugar – Ryodan (685 pts)
10° lugar – Malvinas Gaming (580 pts)
11° lugar – Wild Esports (540 pts) *venceu a rodada 1v1
12° lugar – Olimpo Squad (580 pts)

Tabela

A Free Fire League LAS retorna nos dias 10 e 11 de outubro, às 19h (Horário de Brasília/Argentina) com as duas últimas rodadas que decidirão os 12 times que disputarão pelo título de campeão regional. Todos os jogos são transmitidos ao vivo no canal Garena Free Fire LATAM no YouTube.