A comunidade de Free Fire viveu muitas emoções com a rodada decisiva da primeira temporada da Pro League, nesse último final de semana. As partidas de sábado (23) e domingo (24) definiram os classificados para a etapa presencial do torneio.

Pelo grupo A, a Stars pulou para a primeira classificação após um desempenho pra lá de sólido nas últimas quatro quedas da fase de grupos: foi líder na primeira e segundo lugar nas outras três, o que rendeu 3605 pontos na conta final.

Quem também teve ótimos resultados foi a Kingzone, que vem logo atrás na classificação geral com 3570 pontos e com direito a incríveis 35 abates ao todo. As duas equipes passaram com folga em comparação aos outros dois times que completam o Top-4, Los Maniacos (2630) e TROPA M3C (2200).

Já no grupo B, a GPS VETERANOS buscou um fôlego danado para pular da sexta para a primeira colocação. Isso se deu graças ao segundo dia, quando reinou por completo e levou as duas quedas de domingo.

O time adotou postura de morde-assopra, não sendo tão agressiva, mas também não jogando totalmente safe. Não à toa, promoveram oito abates na primeira queda e 10 na sequência.

Mas surpresa mesmo ficou por conta dos Cangaceiros, que até semana passada eram apenas 11º na tabela e subiram para a vice-liderança do grupo. Os dois primeiros games foram fundamentais para esse salto, afinal, a equipe 540 pontos em ambas as rodadas.

O Top-4 ficou bem disputado, com OS CLANDESTINOS (2295) e Cães de Guerra (2170) carimbando presença para a fase decisiva.

Por fim, o grupo C, que teve uma FantasyDeath bem menos agressiva com relação às primeiras semanas. Na verdade, a queda inicial contou com uma performance irreconhecível da FD, que foi logo uma das primeiras equipes a ser eliminadas.

A classificação foi praticamente confirmada no segundo game, quando tiveram desempenho satisfatório para não serem ultrapassados na tabela. A FantasyDeath jogou de forma bem tranquila no restante das partidas para manter a primeira colocação.

Quem cresceu de rendimento foi o time da INTZ, que estava na briga para entrar no Top-4 até a semana passada e agora se consolidou em segundo lugar. A equipe apavorou na primeira queda, na qual foi campeã e ainda eliminou 13 adversários – numa postura bem agressiva.

O segundo game não foi tão bom, mas nada que as quedas seguintes não resolvessem, já que ficaram sempre no Top-4. Inclusive, a INTZ foi o time que mais abates provocou no final de semana: foram 30 na bagagem.

The Brothers e FalleNs, que sempre estiveram no pelotão de cima do grupo, completam as vagas de classificação para o presencial com 2960 e 2920 pontos, respectivamente.

A Pro League

A Pro League de Free Fire contou com uma longa fase de qualificatórias, culminando em 36 times divididos em três grupos. Os quatro melhores posicionados de cada grupo se classificam para a fase presencial da competição, a ser disputada em São Paulo a partir de 16 de março. O Top-2 vai representar o Brasil no mundial de Garena Free Fire.